quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Ministério dos Direitos Humanos aprova projeto Terreiros de Sobral: Patrimônio Imaterial e Cultural do Ceará


O Ministério dos Direitos Humanos, por meio da Secretaria Nacional de Políticas de Promoção de Igualdade Racial, aprovou o projeto "Terreiros de Sobral: Patrimônio Imaterial e Cultural do Ceará", inscrito pela Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), por intermédio do Núcleo de Igualdade Racial/Coordenadoria dos Direitos Humanos.
O projeto aborda pautas de intolerância religiosa e superação do racismo como forma de apoio às políticas públicas para as comunidades tradicionais de matriz africana e de terreiros. Para a elaboração da proposta de capacitação, a Prefeitura Municipal de Sobral receberá um montante no valor de R$ 104.000,00.
“É um grande avanço para discussão desta temática, pois trará visibilidade a um povo que vivenciou historicamente a negação de seus direitos. Este projeto legitimará o trabalho que temos desenvolvido com ações afirmativas para as comunidades tradicionais de matriz africana e de terreiros”, afirma Chiquinho Silva, coordenador dos Direitos Humanos de Sobral.
Este é o único projeto cearense aprovado na categoria "Apoio a políticas públicas voltadas para os povos e comunidades tradicionais de matriz africana". A previsão é que a celebração do convênio com a Prefeitura seja realizada em agosto.

0 comentários:

Postar um comentário