terça-feira, 31 de julho de 2018

POLÍCIA MILITAR DESCOBRE FÁBRICA DE CÉDULAS FALSAS

A imagem pode conter: 1 pessoa, selfie e close-up

Foram apreendidos R$2,5 mil em notas de R$ 100; R$ 2,9 em notas de R$ 50; folhas de papel-moeda; uma impressora; um notebook e cartuchos de tinta Um homem foi preso por policiais do 14ºBPMDN ontem, no bairro Pavuna, em Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza, suspeito de fabricar cédulas falsas e repassá-las no comércio da região. Na casa de Fransuelton Pinheiro de Albuquerque, 26 anos, natural de Baturité, no Interior do Estado, foram encontrados R$2,5 mil em notas de R$ 100 e R$ 2,9 em notas de R$ 50. A prisão ocorreu após denúncias de comerciantes da Pavuna, que se disseram enganados por Fransuelton. Segundo eles, o suspeito havia se mudado recentemente para o bairro. Com as informações, os policiais se deslocaram até a residência do suspeito, na Rua Cabo João. Percebendo a presença da viatura, Fransuelton tentou fugir, mas os policiais fizeram um cerco e conseguiram impedir. Na busca realizada na casa do suposto falsificador foi encontrado e apreendido maquinário, além das notas impressas por ele, sem valor. As folhas de papel-moeda utilizadas para confeccionar as cédulas, uma impressora, um notebook e cartuchos de tinta foram retidos pelos militares e encaminhados à Polícia Federal (PF). O suspeito também foi conduzido à Superintendência Regional da PF, no Bairro de Fátima, para ser ouvido. Ele foi autuado nos artigos 289 e 291 do Código Penal, que dispõem, respectivamente, sobre a fabricação ou falsificação de papel-moeda, e a posse de maquinário especificamente destinado para tal fim. A pena para o primeiro crime é detenção de três a 12 anos e, para o segundo, de dois a seis anos, mais multa.

 Fonte: DN

0 comentários:

Postar um comentário