domingo, 13 de agosto de 2017

Taxista é assassinado dez dias após a filha, crime acontecido neste sábado (12), em Fortaleza

Roberto Ribeiro Martins (46), foi assassinado neste sábado (12), na avenida Central, no bairro Cidade 2000, em Fortaleza. A vítima estava no ponto de táxi, quando foi abordado por dois homens que desceram de uma motocicleta e efetuaram vários disparos.
Moradores escutaram os disparos e acionaram a Polícia Militar. A comunidade rapidamente associou este homicídio ao crime contra uma filha adolescente, ocorrido há dez dias na quadra 31 na Alameda das borboletas, no bairro Cidade 2000. 
O menor estava em uma casa com o companheiro de 23 anos identificado como Alexandre, traficante de drogas, quando ocupantes de um carro prata efetuaram disparos. O casal morreu no local. Após o crime, o pai dela teria dito que sabia quem eram os assassinos e e iria se vingar. 
O taxista ainda foi socorrido e encaminhado ao Hospital Geral de Fortaleza, mas não resistiu aos ferimentos.
Em nota - A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, por meio da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), informa que foi registrada uma ocorrência que resultou na morte do taxista Roberto Ribeiro Martins, na manhã deste sábado (12). O homem foi atingido por disparos de arma de fogo quando estava no ponto de trabalho. Os suspeitos do crime chegaram ao local da ocorrência em uma motocicleta, atiraram contra a vítima e fugiram em seguida. Roberto foi socorrido pelo irmão, que também é taxista, ao Hospital Geral de Fortaleza, mas não resistiu e veio a óbito. Investigações policiais visam a elucidação do caso.
*** Informações com CNEWS

0 comentários:

Postar um comentário