terça-feira, 1 de agosto de 2017

Pais trancam criança dentro de armário em vestiário para nadarem em uma piscina; veja

post-feature-image

O caso chocou os banhistas que estavam em uma piscina pública na China. A criança de um ano ficou trancada enquanto os pais aproveitavam o sol.

Essa semana começou a circular nas redes sociais um vídeo assustador que mostra o momento em que uma criança é retirada de dentro de um armário de um vestiário na China. Isso porque os pais decidiram trancar o menino, de apenas 1 ano de idade, dentro do armário para poderem aproveitar o momento de lazer.

O caso trouxe uma indignação generalizada nos banhistas que estavam no local e perceberam o que os pais fizeram. O casal estava com duas outras crianças maiores, e acharam por bem trancar o menino, enquanto aproveitavam o dia de sol com seus outros filhos. Eles teriam preferido deixá-lo sozinho e trancado ao invés de levá-lo para os cuidados infantis do local, que contava com monitores especializados e treinados para cuidarem das crianças pequenas.

Não se sabe se por um castigo, ou porque não tinham com quem deixá-lo, fato é que os pais do menino preferiram trancá-lo no vestiário ao invés de o levarem para nadar. O caso acabou tomando uma proporção muito maior que os pais imaginavam, e acabou envolvendo a polícia, devido uma denúncia de maus-tratos.

Uma filmagem feita por um dos funcionários da piscina acabou indo parar nas redes sociais e viralizando. Nas imagens chocantes o menino aparece sendo retirado do armário aos prantos. Praticamente sem ar disponível, e no escuro a criança estava desesperada e bastante assustada com a forma como foi tratada.

Ao ser retirado do armário de madeira pela mãe, o menino estava ofegante e coberto por lágrimas, sem saber exatamente o que estava acontecendo. Pelo vídeo não é possível precisar quanto tempo a criança ficou trancada no armário, mas a estimativa é que ela tenha ficado trancada por mais de meia hora, enquanto os pais aproveitavam a piscina com os outros dois filhos.

Nas cenas gravadas no momento do resgate, a mãe segurou o filho no colo, como não tivesse feito nada de errado. Segundo a mulher, a criança pequena estava segura. Nas imagens é possível ver que ao perceber que a criança chorava a mulher ainda relutou para abrir a porta, pois sabia que acabaria respondendo pelos seus atos de violência contra o próprio filho.

Foi um dos funcionários que ao perceber o que estava acontecendo correu para socorrer a criança e tirá-la rapidamente do armário pequeno. Antes disso os gerentes do local, não perceberam que a mulher havia trancado a criança, apesar dos choros e dos gritos do menino.

Turistas que estavam também no local ficaram horrorizados com o acontecido e fizeram um protesto contra os atos de violência do casal. Muitas pessoas presentes disseram que o ato é inaceitável e que os dois têm que ser punidos. Internautas também comentaram o absurdo
.
Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: news365

0 comentários:

Postar um comentário