RADIO FREE

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Homem é atacado por urso na Tailândia; veja o vídeo chocante

post-feature-image

Ele teria provocado o animal, que arrebentou o recinto de seu cativeiro. Um homem virou um brinquedo na mão de um enorme urso na Tailândia, na manhã desta quarta-feira (2).

O ataque foi filmado pelos amigos da vítima. Naiphum Promratee, de 36 anos, teria provocado o bicho, que estava confinado em um recinto em separado. Segundo contam testemunhas, Naiphun teria sido visto segurando uma tigela de arroz acima do enorme urso, só que do lado de fora do recinto. Isso foi demais para o mamífero, que acabou por arrebentar a abertura de sua “cela”, escapando e atacando ferozmente o rapaz.

A violência do animal foi tamanha que ele deixou o homem inconsciente. Depois que a vítima perdeu os sentidos, o urso ainda arrastou de volta para sua gaiola. Os amigos que ficaram do lado de fora tentaram vários artifícios para salvar o tailandês. Cutucaram o urso com uma vara, depois jogaram água. Houve um desespero total por vários minutos.

Com muito custo, os populares conseguiram a afastar o animal e recuperar o homem, que foi colocado na caçamba de uma caminhonete e depois enviado para uma unidade hospitalar.

Naiphum esteva com quatro amigos visitando de um templo na província rural de Phetchabun. Neste templo havia o cativeiro do urso mantido por monges. Na propriedade há também duas dúzias de javalis.

Inclusive os monges convidam os visitantes a doar alimentos aos animais. Acontece que da maneira como procedeu Naiphum o urso se irritou e conseguiu se soltar, agarrando as pernas do homem.

As imagens são bastante fortes do que acontece depois. Felizmente a ação rápida dos colegas da vítima evitaram o pior. Como foi resgatado rapidamente, Naiphum sobreviveu. Ele está internado com cortes profundos no corpo, mas já está consciente e até conversando.

Bpae Permpoonsap, representante do serviço de resgate disse que foi até o local depois de recebemos o chamado relatando o ataque do urso. “Ele teve a sorte de sobreviver. Agora ainda pode contar a história. Está no hospital e já é capaz de falar”.

O chefe abade do templo, Wat Luang Phor Lamai, disse que alguns animais criados pelos monges estavam com fome, pois não tinham recebido comida suficiente no dia anterior. No entanto, ele não confirmou se esse pode ter sido um fator que motivou o comportamento agressivo do urso, que é acostumado a receber visitas de humanos e nunca havia atacado antes.
 
Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: news365


0 comentários:

Postar um comentário