RADIO FREE

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Duas adolescentes que colocaram recém-nascido em geladeira são presas pela polícia; veja o vídeo

post-feature-image

As duas jovens trabalhavam como babá e foram apreendidas pelas autoridades depois que as imagens do ato bizarro vieram à tona.

Essa semana duas adolescentes foram presas depois de decidirem colocar um bebê dentro de uma geladeira e depois tirarem fotos do ato bizarro. As duas trabalhavam como babá para uma família, e aproveitaram o momento em que a mãe da criança não estava em casa para poder fazer a ‘brincadeira’.

Acontece que além de colocarem a criança dentro do eletrodoméstico elas divulgaram as imagens nas redes sociais. Rapidamente a família da criança teve acesso às cenas e acionou a polícia através do órgão responsáveis por crimes de maus-tratos. O caso aconteceu no estado de Massachusetts, nos Estados Unidos e causou uma imensa repercussão.

Pelas imagens é possível ver que depois de colocarem o menino dentro da geladeira, elas fecham a porta o que faz com que ele fique no frio e sem condições adequadas para respirar. As duas filmaram o momento esdrúxulo e divulgaram entre os próprios amigos. Pelas gravações é possível ver que as duas riem da situação e acham graça do que estão fazendo, mesmo depois que retiram a criança e ela está completamente desesperada.

O bebê fica aos prantos e chora incontrolavelmente depois de ser retirado do local. A mãe do menino ficou em estado de choque ao ver as imagens. Ela simplesmente não acreditou que as babas do menino pudessem ter feito uma coisa do tipo. A criança que não teve o nome divulgado, apesar do susto, passa bem e não teve nenhuma repercussão em seu estado de saúde.

A polícia foi acionada e compareceu até a casa das duas adolescentes para levá-las à delegacia. Já no local elas prestaram depoimento e disseram as autoridades que estavam apenas brincando, e que não queriam causar nenhum mal à criança. Segundo elas, o menino ficou apenas alguns segundos dentro da geladeira o que não foi tempo suficiente para que ele sofresse algum dano em sua saúde.

Sem entender que a situação em si já era absurda, as duas continuaram se defendendo das acusações que estavam sendo feitas contra elas. De acordo com a polícia independente dos danos à criança o ato em si já configura crime de maus-tratos contra vulnerável nesse caso uma criança.

As duas adolescentes só foram liberadas depois que os pais das mesmas compareceram até a delegacia e assinaram um tempo de responsabilidade. A mãe da criança agora pede por justiça e está assustada com o que aconteceu. Ela disse que não confiará em mais ninguém para cuidar de seu bebê depois do caso. Apesar da raiva com a atitude das duas jovens a mãe do menino relatou que também acredita que elas não quisessem causar mal ao menino.
Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: Izabel Carvalho via News 365


0 comentários:

Postar um comentário