RADIO FREE

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Cenas perturbadoras mostram homem tendo relações sexuais com burro; veja o vídeo

post-feature-image

Câmeras de segurança registraram as abordagens sexuais do suspeito ao animal.

Um homem foi flagrado mantendo relações com um burro de estimação de uma família, residente em no estado do Arkansas, nos Estados Unidos. Conforme noticiou o jornal britânico The Mirror, as imagens mostram o suspeito acariciando o animal de madrugada.

Na versão editada que está circulando na internet isso não fica tão nítido.

Everett Compton, de 49 anos, acabou sendo preso por policiais acionados pelos donos da propriedade onde fica o burro. Diante das autoridades ele primeiro disse que apenas levava cenouras para os animais. Depois, ao ser informado que todos os seus atos foram gravados por câmeras de segurança, ele admitiu os abusos, mas disse que fazia essas “coisas doentes” apenas quando fumava maconha.

As imagens foram registradas no mês passado, mas só agora os vídeos foram publicados pela imprensa. Nas cenas é possível ver que há dois animais.

Inicialmente, os proprietários chamaram a polícia porque perceberam que havia um intruso em na casa. Depois, ao analisarem as imagens, eles entenderam o motivo do invasor entrar no imóvel sorrateiramente, sempre que chegava a madrugada.

Quando os oficiais chegaram na casa, em Siloam Springs, encontraram Compton escondido nos arbustos. Era por volta de 1h30 da manhã, do dia 16 de julho, de acordo com o boletim de ocorrência que oficializou a prisão.

Na hora em que foi pego, Compton alegou que estava apenas em uma parada durante uma caminhando noturna. Depois, admitiu que dava cenouras aos animais. Mas adiante confessou o real intuito de levar os alimentos.

De acordo com os relatórios oficiais do caso, o suspeito se comprometeu em obter ajuda psicológica para se livrar do vício caso não fosse acusado de ter relações sexuais com o burro.

Um membro da família relatou na ocasião que ver as cenas o deixou com estômago embrulhado.

“E saber que o animal não tinha como se comunicar e contar a ninguém o que vinha passando. Nós só soubemos que ele ia lá recentemente. Por isso resolvemos chamar a polícia para verificar as coisas. Mas jamais imaginaríamos uma coisa assim”, disse o proprietário da propriedade, que preferiu não se identificar.

A polícia não informou se o acusado é morador da vizinhança onde o burro foi molestado.

Para poder ser liberado, Compton teve de se comprometer que vai pagar uma multa de 5 mil dólares.

Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: Selina Coutinho via News 365


0 comentários:

Postar um comentário