sexta-feira, 14 de julho de 2017

Líder da quadrilha que tentou assaltar carro-forte segue foragido; policia prendeu três suspeitos

post-feature-image

Segue foragido o líder da quadrilha que tentou assaltar um carro-forte que iria recolher dinheiro de uma em uma lotérica na Avenida Cônego de Castro, na terça-feira (11). Rafael Epifânio da Silva, de 33 anos, é o líder do grupo, segundo a polícia. Outros três envolvidos no assalto já foram identificados e presos. Eduardo Alves da Silva Júnior, Francisco Gledson Nogueira de Lucena e o cunhado dele, Raimundo dos Santos Neto foram achados pela polícia através de um carro crivado de balas que estava em uma oficina mecânica.

Segundo a polícia, a ação começou quando o segurança do carro-forte entrou na lotérica. “Tinha bandidos armados na fila da lotérica, se passando por clientes. Um deles usou uma mãe com uma criança no colo como escudo para atirar no vigilante”, explica o delegado Diego Barreto. Quatro pessoas morreram no tiroteio.

Foi nesse primeiro confronto que o comerciante José Ribeiro Sousa, de 54 anos, morreu. Dono de uma churrascaria nas proximidades do supermercado onde fica a lotérica, ele tinha ido ao local pagar uma conta.

Delegado baleado

As outras vítimas eram integrantes da quadrilha. O titular da DRF, Raphael Vilarinho, foi atingido com um tiro na perna durante o assalto. Dois vigilantes também saíram feridos do tiroteio. Três suspeitos de participarem da ação foram presos e um deles confessou o crime.

Barreto afirmou que a polícia interveio quando os criminosos estavam no estacionamento do supermercado onde fica a lotérica. Os suspeitos iniciaram fuga e foram abordados novamente no Bairro Mondubim. O resultado desse confronto foi a morte dos três criminosos.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), antes da ação, além dos três suspeitos que aguardavam na fila, como se fossem clientes, dois estavam fora do supermercado e outros permaneceram dentro do Corolla, inclusive atirando com um fuzil contra o carro-forte.

Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: G1


0 comentários:

Postar um comentário