segunda-feira, 17 de julho de 2017

Criança morta a facadas com irmão em Viçosa do Ceará tinha sinais de estupro, diz médico

post-feature-image

O menino de oito anos que foi morto a facadas junto com seu irmão, de 10 anos, em Viçosa do Ceará, apresentava sinais de violência sexual, segundo informou a Polícia Civil e o médico plantonista do hospital municipal, para onde a vítima chegou a ser levada. Conforme o médico Pedro Jonatas Pereira, a criança chegou à unidade de saúde com grave hemorragia devido aos golpes de faca e violação anal.

Dois irmãos, de 8 e 10 anos, foram assassinados a facadas na zona rural da cidade de Viçosa do Ceará neste domingo (16). Eles haviam saído de casa para buscar alimento para uma ovelha e foram encontrados pelo próprio pai em um matagal.

Os corpos das vítimas foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Sobral para realização de exames cadavéricos. Os laudos devem apontar as reais causas da morte e confirmar se realmente houve estupro.

De acordo com o titular da delegacia de Viçosa do Ceará, Gregório José de Oliveira, dois homens e um adolescente foram capturados por envolvimento nas mortes. A faca usada por eles foi apreendida, assim como a camisa de um dos suspeitos que estava suja de sangue.

"O autor do crime confessou e indicou os outros participantes. Ele disse que foi pra casa, lavou a camisa e trocou de roupa. A faca foi encontrada no matagal perto das crianças. A faca era das vítimas, que tinham ido lá para cortar capim e dar para uma ovelha. As investigações vão continuar e vão ser ouvidas mais pessoas", disse o delegado.

As crianças de oito e 10 anos foram encontradas em um matagal próximo à residência deles, no distrito de Inharim, zona rural de Viçosa do Ceará. Um deles morreu no local e o outro foi levado para o hospital da cidade, mas não resistiu. O crime chocou os moradores da cidade.

Os homens e o adolescente capturados foram levados para a delegacia de Tianguá, onde permaneceram detidos durante a noite. Nesta segunda-feira (17), a polícia informou que eles foram levados para a cadeia pública de Viçosa do Ceará.

Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: G1


0 comentários:

Postar um comentário