terça-feira, 4 de julho de 2017

Carioca suspeito de comandar ataques criminosos no Ceará é preso em São Paulo

post-feature-image

A Polícia Civil, por meio de equipes da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco), prendeu o carioca Sandro Cosme Campos, conhecido como 'Ceará', de 45 anos, que é suspeito de tráfico de drogas e associação para o tráfico no Ceará. Ele foi capturado na sua residência localizada no bairro Jardim Paiva, em Ribeirão Preto, na cidade de São Paulo. Contra ele consta uma vasta lista de ataques no Estado.

Investigações apontam que o acusado é, possivelmente, integrante de uma facção criminosa. Além disso, o carioca é suspeito de ser o principal mandante de vários ataques a prédios públicos, coletivos e agentes de segurança ocorridos ano passado.

Entre os alvos das ordens do 'Ceará' estão prédios da Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus), delegacias da Polícia Civil, quartéis da Polícia Militar, o prédio da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), a Câmara de Vereadores e o Fórum de Sobral e a Câmara de Vereadores de Itapajé. O preso também é suspeito de orquestrar uma ação criminosa que foi evitada pela Polícia, próxima à Assembleia Legislativa do Ceará, em Fortaleza, quando um carro carregando de explosivos foi encontrado.

Conforme o titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, o Estado registrou 71 ataques criminosos a prédios e ônibus em 2016, e a Polícia tem provas de que 'Ceará' ordenou a maioria das ações.

Contra Sandro Campos já estava com um mandado de prisão em aberto, emitido em 2014 pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico de drogas. Segundo a Polícia, ele já cometeu crimes nos estados da Bahia, Goiás, Piauí e Ceará.
Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: DN


0 comentários:

Postar um comentário