RADIO FREE

sábado, 3 de junho de 2017

Mãe luta com bandidos e tira filho de carro roubado; veja o vídeo

post-feature-image

A empresária Fabiana Francisca Fernandes Alecrim, de 32 anos, que lutou com dois assaltantes para tirar seu bebê do carro que seria levado pelos criminosos, em Sumaré, interior de São Paulo, não se arrepende do que fez. Contrariando as recomendações da polícia e de especialistas, ela reagiu ao assalto e conseguiu salvar a criança.

"Não foi nada calculado, foi puro instinto. Se acontecer de novo, acho que vou fazer a mesma coisa, o que prova que o instinto de mãe é muito forte", disse nesta sexta-feira, 2, ao jornal O Estado de S. Paulo.

As cenas foram gravadas por uma câmera e as imagens já tiveram milhares de visualizações. Era noite, na quarta-feira, 31, e ela saía de uma sorveteria, no Jardim Denadai, quando foi abordada por dois rapazes armados. "O mais fortinho deles falou 'perdeu, perdeu'. Demorou para cair a ficha, mas quando vi a arma, entendi que era um assalto."

De imediato, Fabiana pensou no filho João Pedro, de 1 ano, que estava no banco traseiro. "Na hora em que vi a arma, eu falei: só quero meu filho que está aí dentro."

Nervosos, os assaltantes pareceram não entender e, quando Fabiana tentou abrir a porta, um deles a agrediu com uma coronhada. Em seguida, ele foi agarrada pelo ladrão e entrou em luta com ele. Ela chegou a agredir um dos ladrões com um tapa. "Nem senti a coronhada e nem vi bater nele. Eu só dizia: 'deixem meu filho, deixem meu filho'. Cheguei a gritar para algumas pessoas que estavam perto, na outra calçada, mas ninguém se aproximou."

Quando viu que eles estavam dispostos a ir embora com o carro levando a criança, ela resolveu apelar para os sentimentos dos ladrões. "Eu disse que meu filho era doente e tomava remédios, que não podia ficar sem a medicação. Foi o que salvou", acredita.

Segundo ela, nesse momento, um dos assaltantes tirou a criança do carro e colocou no asfalto. Em seguida, eles entraram no carro e fugiram. Só então, as pessoas que viam a cena se aproximam.

A empresária assistiu aos vídeos postados na internet e disse que não se reconhece nas imagens. "Nem sei onde achei coragem. Foi Deus que me protegeu para que nada de ruim acontecesse."

Ela disse que não pensou no carro, apenas no filho, mas os ladrões achavam que ela não queria deixar eles levarem o automóvel. "O outro cara disse: cala a boca, você já perdeu."

Criticada em redes sociais por ter deixado o filho sozinho no carro, ela disse que a rua era movimentada, pois havia um culto numa igreja evangélica, e o local estava bem iluminado.

Fabiana mora em Hortolândia e passeava de carro com o filho, ouvindo música, quando decidiu pegar sorvete para viagem. "Passei na sorveteria de minha cidade, onde sempre pego, mas estava fechada, provavelmente por causa do frio. Então fui até a de Sumaré. Como meu filho estava quietinho, ouvindo música, eu desci e fiz o pedido para a moça do balcão. Não deu 30 segundos, eu falei com ela olhando para o carro. Fiz o pedido e voltei para esperar no carro, quando eles me abordaram. Claro que, depois dessa experiência, nunca mais ele fica sozinho. Foi uma sensação muito ruim."

O veículo, um Kia Sportage, era novo e não tinha seguro. O carro foi encontrado por guardas municipais de Campinas, num conjunto de prédios populares, no Jardim São Marcos. "Foi um alívio, porque ainda não tinha seguro. Cheguei a fazer cotações, mas não tinha fechado. Agora, já está no seguro", disse. Casada com o empresário Hebano Alecrim, Fabiana tem também uma filha de 14 anos, Luene, e é dona do paintball Espaço de Guerra, em Sumaré.

Em sua página na rede social Facebook, ela postou um agradecimento pelas orações e mensagens. Ela disse que o bebê João Pedro está bem e não parece ter se assustado com a situação. "Ele só se assustou quando foi tirado do carro pelo assaltante, mas logo depois, quando esperávamos o chaveiro, ele estava na varanda de casa, correndo e brincando."

Com o carro, os ladrões levaram as chaves da casa e o celular de Fabiana, que não foi recuperado.


Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos:  Notícias ao Minuto

0 comentários:

Postar um comentário