RADIO FREE

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Jovem foragida que matou seu companheiro com uma facada no coração em Juazeiro

                  post-feature-image

A polícia ainda não tem informações sobre o paradeiro da jovem Rita de Cássia dos Santos, de 26 anos, apelidada por “Dodô” que morava na Rua Severino Cândido, 110 (Bairro Aeroporto) em Juazeiro do Norte. Ela é acusada de ter assassinado o seu próprio companheiro Alessandro Fernandes da Silva, de 35 anos, que residia na Rua Abílio José Bezerra, 96 (Novo Juazeiro), no último dia 5 de fevereiro.

Ele foi morto por volta das 21 horas com uma facada no braço e outra no coração durante uma bebedeira com a mulher seguida de acirrada discussão entre os dois. Tão logo lesionou Alessandro, a mesma empreendeu fuga e jamais compareceu para prestar depoimentos à polícia ou participar da fase de instrução criminal da Ação Penal de Competência do Júri.

O Inquérito Policial que indicia “Dodô” como autora do crime foi protocolado no dia 23 de março na 1ª Vara Criminal de Juazeiro do Norte. Supostamente, ela teria sido agredida quando apanhou a arma branca e desfechou os golpes contra Alessandro o qual faleceu no momento em que era atendido pelo pessoal do SAMU. “Dodô” já foi vítima de crime de violência doméstica ao ser ameaçada por Ronaldo Silva de Sousa em março de 2015.

Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: Demontier Tenório Miséria.com.br

0 comentários:

Postar um comentário