domingo, 4 de junho de 2017

Chacina: líder de uma das maiores quadrilhas de drogas do Ceará estaria entre mortos

post-feature-image

Davi Saraiva Benigno, de 23 anos, um dos seis homens mortos na Chacina da noite de ontem (3), no Porto das Dunas, foi preso em novembro de 2015 em uma operação da Divisão de Combate no Tráfico de Drogas (DCTD), acusado de ser o chefe de uma das maiores quadrilhas de tráfico de drogas sintéticas do Ceará.

Na noite de sábado, pelo menos oito homens supostamente da facção Guardiões do Estado invadiram uma mansão onde membros do PCC realizavam uma comemoração.

Segundo a polícia, por volta das 22h, aproximadamente 20 pessoas estavam na casa quando homens abordo de dois veículos, um deles era um Jeep Renegade, derrubaram o portão de alumínio da mansão usando os carros e entraram disparando.

Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: Ceará News


0 comentários:

Postar um comentário