RADIO FREE

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Padre de Alagoas é afastado após vazamento de fotos íntimas em rede social

post-feature-image
Diocese de Palmeira dos Índios afastou o Padre Antônio Bernardo dos Santos de suas atividades após divulgação de fotos íntimas em uma rede social, que a igreja considerou impróprias devido ao seu conteúdo. Por meio de nota, a Diocese informou que abriu, nesta terça-feira (9), um Processo Administrativo Penal contra Pe. Antônio.

A reportagem do G1 não conseguiu o contato do padre afastado.

Segundo o Vigário Geral da Diocese de Palmeira, Wendell Assunção Gomes, foi aberta uma investigação que deve durar cerca de dois meses. O conteúdo das fotos não foi informado.

"Quando essa primeira investigação terminar, os documentos serão enviados para o Papa Francisco, que vai avaliar a situação e decidir o que acontece com o padre", explicou Assunção.

Ele ainda afirmou que os membros da igreja descobriram as fotos íntimas circulando no WhatsApp na última quinta-feira (8). As atividades religiosas do Padre Antônio foram suspensas.

Confira nota na íntegra:

A Diocese de Palmeira dos Índios comunica que, no dia de hoje, foi instituído um Processo Administrativo Penal em desfavor do reverendo Pe. Antônio Bernardo dos Santos, do clero desta Diocese. O Processo transcorre em segredo de justiça. Os autos do procedimento canônico, concluída a fase diocesana, seguirão para a Cidade Estado do Vaticano, em Roma (Itália), para a decisão do Santo Padre Francisco. Rezamos pela Santa Igreja, particularmente pela nossa Diocese.  
Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: G1


0 comentários:

Postar um comentário