quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Violência sem controle no Interior cearense deixa mais sete pessoas assassinadas em 24 horas


Ao menos, sete assassinatos foram registrados no Interior do Ceará nas últimas 24 horas, conforme informações das autoridades da Segurança Pública. A maioria dos crimes ainda está envolta em mistério e a Polícia não sabe quem são seus autores.

Um desses crimes misteriosos acontece em Camocim, no Litoral Oeste do Estado (a 373Km de Fortaleza), onde ocorpo de um homem foi encontrado semi-enterrado em uma cova rasa na periferia da cidade Tratava-se de um ex-presidiário.

O fato ocorreu quando a Polícia foi acionada por moradores do bairro Boa Esperança. Segundo a denúncia, o corpo de um homem fora encontrado em um buraco. Logo, uma patrulha do Ronda do Quarteirão foi mobilizada para o atendimento à ocorrência.

Quando a equipe da PM chegou no local, constatou a veracidade da informação. O cadáver estava na cova rasa, apresentando marcas de violência. Logo, familiares da vítima apareceram e fizeram o reconhecimento. Tratava-se do ex-presidiário João Batista da Silva, 28 anos de idade, e que era conhecido pelo apelido de “João Doido”. As evidências encontradas no local levaram as autoridades a supor que se trata de um crime de homicídio seguido de tentativa de ocultação do cadáver.

Interior violento

Nas últimas 24 horas, a Polícia registrou, ao menos, mais cinco assassinatos. Em Morada Nova (a 163Km de Fortaleza) foram dois casos. Um detento foi espancado até a morte na Cadeia Pública daquele Município, sendo identificado como João Evangelista Nogueira. Segundo a Polícia, ele foi surrado pelos companheiros de cela. Chegou a ser socorrido para a Capital, mas não resistiu.

O segundo crime de morte em Morada Nova teve como vítima João Batista de Oliveira, 54 anos, assassinado com vários tiros na cabeça. O crime ocorreu na Rua Clóvis Beviláqua, Centro. . A Polícia esteve no local, mas não obteve pista dos criminosos.

Na cidade de Parambu, na Região dos Inhamuns (a 390Km de Fortaleza), um crime de pistolagem foi registrado na manhã de terça-feira. Bandidos assassinaram, com vários tiros à queima-roupa, o motorista Cícero César Pinheiro dos Santos, 38 anos. O crime ocorreu quando ele estava em um posto de combustível abastecendo um veículo de transporte de animais. César também trabalhava como motorista do deputado federal Genecias Noronha (SD).

Em Aracati, no Litoral Leste do Estado (a 149Km da Capital), populares encontraram o corpo do adolescente Carlos Ramon Coelho Ferreira, de 17 anos, em um terreno ao lado do posto da Cagece. A vítima apresentava vários sinais de violência. A Polícia não sabe, ainda, que matou o rapaz. O corpo dele foi encaminhado ao Núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), em Russas.

Em Jucás, no Centro-Sul do Estado (a 407Km de Fortaleza), o corpo de um jovem foi encontrado às margens de um açude. O rapaz, identificado apenas por Vitinho, foi morto a pedradas por desconhecidos. O corpo foi encaminhado à Pefoce de Iguatu. Os assassinos não foram, ainda, identificados.

Com informações do Jornalista Fernando Ribeiro

0 comentários:

Postar um comentário