sábado, 31 de dezembro de 2016

Mulher é encontrada morta e com sinais de estupro na zona-oeste de Manaus no Amazonas

post-feature-image
A mulher estava totalmente nua da cintura para baixo e são fortes os indícios de que tenha sido estuprada.

Uma mulher seminua, com o corpo entrando em estado de decomposição, morena, alta, e com fortes indícios de que sofreu violência sexual antes de ser morta por estrangulamento, foi encontrada nas matas que ficam por trás do posto Shell da Avenida Brasil, na Zona Oeste de Manaus, de frente para o Centro de Convivência da Família, por volta de 11h desta sexta-feira, 30.

A policia foi chamada ao local e a primeira informação dada por comerciante e moradores da área indicava que nas matas onde a mulher até aquele momento desconhecida foi encontrada, serve de esconderijo para ladrões e local de consumo de droga.

Um comerciante de estivas que reside e tem seu ponto de vendas nas proximidades afirmou que a mulher encontrada naquele local pode ser uma mulher que vivia perambulando pelas ruas e todos as chamavam de “Negona”, e muitas vezes ela recebia ajuda de algumas pessoas que lhe davam alimentação e roupas usadas.

O short da vítima estava jogado ao lado do corpo encontrado nas matas da Avenida Brasil.

A calcinha da mulher também foi encontrada perto do cadáver.

A mulher estava deitada de bruços e bem perto do corpo estavam jogados seu short jeans e sua calcinha, aumentando ainda mais a suspeita de que ela foi submetida a estupro antes de os autores do crime apertarem seu pescoço até provocarem sua morte por enforcamento, tendo em vista que o pescoço da vítima estava totalmente enegrecido.

A equipe do Instituto Médico Legal (IML) chegou ao local por volta de 12h30 para remover o cadáver para a sede do órgão.

Policiais da Delegacia de Homicídios também estiveram no local e vão investigar o crime.



0 comentários:

Postar um comentário