RADIO FREE

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Diplomata é morto enfrente as câmeras quando inaugurava exposição de fotos

post-feature-image

O embaixador russo em Ancara (Turquia), Andrei Karlov, morreu nesta segunda-feira ao ser alvejado por um agressor de 22 anos, segundo confirmou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia. O diplomata foi atacado durante uma visita a uma exposição de fotografias, A Rússia Vista pelos Turcos, na capital turca, segundo imagens emitidas pelos canais de TV locais.

O agressor, um policial de 22 anos identificado como Mevlüt Mert Altintas, gritou "Alá é grande, Alá é grande. Aleppo, vingança", como se pode escutar no vídeo do incidente. Outras três pessoas ficaram feridas, e o autor dos disparos foi morto pelas forças de segurança turcas, informou o canal russo NTV.
As fontes da embaixada russa em Ancara indicavam, logo nos minutos seguintes ao ocorrido, que podia se tratar de um ataque de radicais islamistas. O incidente ocorre na véspera de uma reunião em Moscou entre os ministros de Relações Exteriores da Rússia, Irã e Turquia para tratar do cessar-fogo em Aleppo, norte da Síria.





0 comentários:

Postar um comentário