quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Bando invade casa, mata trabalhador com tiro no coração e foge


O latrocínio, o de número 32 registrado em 11 meses, aconteceu na noite desta terça-feira, em Várzea Grande

Bando invade casa, mata trabalhador com tiro no coração e foge Reprodução
BRUTALIDADE – Mais um trabalhador é assassinado fria e covardemente por bandidos durante um assalto. Mesmo sem reagir, Moacir Felipe, de 54 anos, foi baleado e morreu na hora. Pasmem, os bandidos já mataram 32 pessoas em crimes de latrocínio: roubo seguido de morte somente nestes 11 meses de 2016, em Cuiabá e Várzea Grande. "Os ladrões mataram porque a família não tinha dinheiro para dar a eles", comentou um amigo da família
O crime, segundo a Polícia Militar (PM), aconteceu na noite desta terça-feira, 30, dentro da casa da vítima, uma chácara urbana localizada no Jardim Maringá-3, em Várzea Grande (Grande Cuiabá).
A casa, segundo a família, foi invadida por quatro ladrões, dois deles armados e encapuçados. Exigiram dinheiro, joias e outros objetos. Ao se virar, como se fosse reagir, Moacir foi surpreendido por um dos bandidos que atirou.
Os quatro assaltantes fugiram sem levar nada. Moacir agonizou e morreu na frente da família ao ser atingido no tórax, em cima do coração. O socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foram acionados, mas quando chegaram ao local Moacir já estava morto.
O corpo de Moacir Felipe foi removido do local do crime para o Instituto Médico Legal (IML), após ser liberado por investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). O caso será investigado por policiais da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande.
ABSURDO – “Isso é um absurdo, Os caras invadem a casa, matam um pai de família como se mata um animal que precisa ser sacrificado por algum tipo de doença e tudo fica como se nada tivesse acontecido. O pior, é que ninguém faz nada. Vai ver que esses caras já mataram outras pessoas. Já foram presos, mas estão ai para matar outras pessoas como mataram, agora o Moacir”, desabafou um amigo da família.

Trindade/Redação 24 Horas News

0 comentários:

Postar um comentário