sábado, 12 de novembro de 2016

SOBRAL-CE: QUE VERGONHA ! MENORES FOGEM PELA PORTA DA FRENTE NO CENTRO EDUCACIONAL ZEQUINHA PARENTE (núcleo de menores)


VEJA NO VÍDEO ABAIXO  CHEGADA DOS ADOLESCENTES NA DELEGACIA REGIONAL DE SOBRAL

Mostrando mais uma vez a fragilidade que existe no CENTRO EDUCACIONAL ZEQUINHA PARENTE popularmente conhecido como núcleo de menores em Sobral.
Informações repassadas a nossa reportagem existe uma reforma no interior da unidade onde trabalhadores deixaram suas ferramentas próximas aos blocos de apartamento onde os menores ficam alojados, que em dado momento foi possível que estas ferramentas como pá, picaretas, talhadeiras dentre outros objetos que podem ser usados como armas e de posse dos objetos os menores agrediram os agentes sócio educadores, lesionando alguns gravemente aponto de precisarem ser levados para a santa casa de misericórdia de Sobral.

Foram contabilizados 10 menores que fugiram no dia de hoje, e 4 fugiram pela porta da frente,  sendo que ainda na noite desta sexta feira 4 adolescentes foram recapturados e levados para a referida unidade. 

      Repúdio a um ato de  irresponsabilidade da direção da unidade em permitir que estes objetos possam estar próximos aos blocos, não dando a menor importância a vida de seus agentes sócio educadores.
 Uma vez que a direção já perdeu o controle da casa, pois já virou rotina a onda de rebeliões e fugas até mesmo pela porta da frente na referida unidade.
      Unidade  de referência em  que seria então formado para a ressocialização dos menores infratores em conflito com a lei, que eram pra estar em desempenho com seus deveres e cumprindo medidas socioeducativas, afim de que fossem ressocializados e entregue a sociedade. foi inaugurado em 30 de setembro de 2014, com capacidade para 46 internos, porém o que se ver atualmente é um grande descaso, uma vez que atualmente segundo informações  a casa tem mais de 90 menores infratores, para um numero bem reduzido de instrutores educacionais, parcialmente são de 7 a 8 menores para cada agente sócio educador que são pais de família mal remunerados,  que para sustentar suas famílias arriscam a própria vida dentro daquela referida unidade,sendo hostilizados a todo momento, e sem se quer poder falar algo, pois são constantemente ameaçados de serem demitidos da parte da direção, onde estão em contato direto com os menores infratores sem nenhum tipo de proteção.

VEJA O VÍDEO:





blog sinhá sabóia

0 comentários:

Postar um comentário