sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Mais duas mulheres são assassinadas no Ceará nas últimas 24 horas. Número de feminicídios chega a 186 em 2016

Uma jovem de 25 anos acabou sendo morta pelo ex-marido, em Senador Pompeu. Em Tamboril, a vítima foi uma viúva

Mais duas mulheres são assassinadas no Ceará nas últimas 24 horas. Número de feminicídios chega a 186 em 2016

Francisca Lucimar foi assassinada em Tamboril. Késya, morta em Senador Pompeu
Subiu para 186 o número de mulheres assassinadas no Ceará neste ano. Nas últimas 24 horas, mais dois casos de feminicídios foram registrados no Interior cearense, nos Municípios de Tamboril e Senador Pompeu. Um dos assassinos acabou preso em flagrante por policiais militares e aparentava estar sob o efeito de drogas e bebidas alcoólicas.
Era por volta de 17h30 desta quinta-feira (24), quando a Polícia Militar foi acionada por moradores do Distrito de Holanda, na zona rural de Tamboril (a 282Km de Fortaleza), onde uma mulher de 58 anos de idade, viúva, mãe de uma jovem residente em São Paulo, foi esfaqueada por um vizinho.
Quando os policiais chegaram no local já encontraram a vítima em óbito. Tratava-se da dona de casa Francisca Lucimar Barbosa da Silva. Conforme a Perícia, ela foi atingida com, ao menos, quatro golpes de faca por um jovem conhecido por “Dedé do Juarez”. Uma patrulha do Destacamento da PM de Tamboril saiu no encalço do suspeito e acabou efetuando a sua prisão em flagrante delito.
Trata-se de Franciélio Lopes de Sousa, 20 anos, que ao ser abordado pelos militares apresentava-se bêbado e também com sinais de que estava drogado. Ele sequer soube dizer por qual motivo matou a vizinha. No entanto, testemunhas disseram que ele havia tentado invadir a casa de Francisca Lucimar e esta tentou impedi-lo, sendo esfaqueada.
Outro
O segundo crime ocorreu também nesta quinta-feira, na localidade de Sítio Poço Grande, no Distrito de Codiá, na zona rural do Município de Senador Pompeu, no Sertão central (a 273Km de Fortaleza). A jovem Brena Késya Alves de Almeida, 25 anos, foi assassinada a golpe sde faca pelo ex-marido, identificado como Antônio Valdimar, conhecido por “Antônio do França”.
A Polícia apurou que no momento do crime, Brena pilotava uma motocicleta e estava na companhia de sua mãe, na garupa. As duas seguiam para a casa de familiares quando foram surpreendidas pelo assassino, que também estava numa moto. Ele derrubou as duas mulheres e sacou a arma, golpeando a ex-esposa após uma rápida discussão. A mãe de Brena também ficou ferida, pois ao cair da moto sofreu fratura em um dos braços e testemunhou a filha ser morta pelo ex-marido, que não aceitava o fim do casamento.
Violência
Somente neste mês de novembro, 17 mulheres já foram assassinadas no Ceará, sendo oito casos no Interior, nos Municípios de Tabuleiro do Norte, Farias Brito, Jaguaruana, Jaguaretama, Sobral, Cariré, Tamboril e Senador Pompeu.
Outras cinco mulheres foram  mortas em Fortaleza, nos bairros Bonsucesso, Carlito Pamplona, Passaré, Pici, Genibaú e o quinto crime em um bairro não especificado, na Área Integrada de Segurança Um/AIS-1.
E na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foram quatro homicídios nos seguintes Municípios: Caucaia (dois casos), São Gonçalo do Amarante e Aquiraz.
Por FERNANDO RIBEIRO 

Um comentário:

  1. Enquanto a justiça não tomar providências a este respeito, essa violência contra as mulheres não acaba nunca.

    ResponderExcluir