quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Jovem desconfia que filho não é seu e mata recém-nascido a facadas

                post-feature-image

Nesta última segunda-feira (31) a Polícia Civil ouviu algumas testemunhas e chegou à conclusão de que o crime não foi cometido pela mãe da criança, uma adolescente de 17 anos, mas sim pelo companheiro dela identificado como Erenildo Jesus dos Santos de 24 anos.

De acordo com informações da delegacia de Dário Meira (333 km de Salvador) onde o crime ocorreu, o acusado foi preso ainda no domingo (30) suspeito inicialmente de ter apenas participado do crime. No mesmo dia o corpo da criança foi encontrado por um cão enterrado às margens do Rio Gongogi. Investigações apontam que Erenildo mantinha um relacionamento com a adolescente há cinco anos e que recentemente o casal se separou por alguns meses.

Após reatar o relacionamento, o acusado começou a desconfiar que o filho que sua companheira esperava não era dele. Ainda segundo informações, logo após a gestante ter a criança, Erenildo disse que ia dar o bebê a alguém e acabou cometendo o crime matando o recém-nascido com vários golpes de faca e em seguida enterrou o corpo. A jovem informou à polícia que inicialmente confessou ter matado o filho devido às ameaças do marido dirigidas a ela e aos seus familiares. Erenildo permanece preso no Complexo Policial do município à disposição do Poder Judiciário. O casal tem um filho de 03 anos e o jovem já responde por um homicídio.





0 comentários:

Postar um comentário