quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Irmãos são assassinados durante tiroteio em praça pública na cidade de Tabuleiro do Norte

Criminosos usaram pistolas de calibres Ponto 40 e 380 para eliminar os dois rapazes. Criminosos fugiram e até agora nenhum suspeito foi preso


Irmãos são assassinados durante tiroteio em praça pública na cidade de Tabuleiro do Norte
Rafael, de 17 anos; e seu irmão Luiz Paulo, 21, foram executados com tiros na cabeça 
Dois irmãos foram assassinados, na noite desta quarta-feira (2), durante um tiroteio entre gangues na cidade de Tabuleiro do Norte, na Região do Vale do Jaguaribe (a 216Km de Fortaleza). A  Polícia não sabe, ainda, quem são os autores do crime, mas confirma que as vítimas foram atingidas por tiros de pistolas de calibres Ponto 40 e 380.
O tiroteio aconteceu por volta de 21h30 na Praça da Juventude, em pleno centro comercial de Tabuleiro do Norte. Os dois jovens baleados morreram na hora, enquanto os assassinos fugiam do local em motocicletas, segundo o relato de testemunhas oculares do crime.
Com a chegada da Polícia no local do crime, as duas vítimas foram identificadas como sendo os irmãos Luiz Paulo da Silva Pinheiro, 21 anos; e Rafael da Silva Oliveira, 17. Eram irmãos por parte de mãe e ambos moravam na comunidade de Lagoa do Peixe, na zona rural de Tabuleiro.
Policiais militares do Destacamento de Tabuleiro repassaram as informações sobre o crime para o 1º BPM (Russas) que determinou a realização de buscas durante toda a noite de ontem e madrugada desta quinta-feira (3).
Bala
Conforme a perícia realizada no local, Rafael foi atingido por vários tiros na cabeça, enquanto seu irmão acabou baleado nos braços e no rosto. Ambos sequer chegaram a ser encaminhados ao hospital local.  Sobre os motivos do duplo homicídio, as testemunhas nada falaram.
Cápsulas de balas foram recolhidas no local do crime pelas autoridades e podem servir para a prova contra suspeitos que forem detidos armados.
Este foi o primeiro duplo homicídio ocorrido neste mês de novembro. Em outubro, a Polícia cearense fez o registro de 14 múltiplos assassinatos no estado, sendo 22 duplos, dois triplos e um quádruplo. 
Por FERNANDO RIBEIRO 

0 comentários:

Postar um comentário