quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Homem que matou amigo por R$ 10 é condenado a 15 anos de prisão

post-feature-image

Manaus/Am - A 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus, condenou nesta quinta-feira (10), a 15 anos de prisão em regime fechado, Israel Lima da Silva, 34 anos, pelo crime de homicídio qualificado contra Erlon Agnis Soares, ocorrido em junho de 2014. O motivo do crime, conforme os autos, foi a quantia de R$ 10 que a vítima não teria repassado pela venda de um aparelho celular.

Segundo consta no inquérito policial, Israel e Erlon bebiam em um bar no bairro Tancredo Neves, zona Leste de Manaus, quando acabou o dinheiro para comprar bebidas e Israel deu o celular para a vítima vender. Erlon teria vendido o celular por R$ 20, mas só repassou R$ 10 ao amigo, que, enfurecido, foi em sua residência, apanhou uma faca e desferiu cinco golpes na vítima, que morreu na hora.

O crime ocorreu no Beco São Sebastião, na Rua Iemanjá, bairro Tancredo Neves.




0 comentários:

Postar um comentário