sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Homem morre após receber 700 picadas de abelha

post-feature-image

Um homem de 60 anos morreu após receber cerca de 700 picadas de abelha, nesta quinta-feira, 17, em Piraju, interior de São Paulo. O ataque aconteceu quando João Aparecido de Mattos descarregava entulhos de uma caçamba, numa chácara, na periferia da cidade. O filho que estava num trator viu o pai ser envolvido pelo enxame e tentou salvá-lo, mas também recebeu várias ferroadas. Ele foi socorrido e passa bem. Os dois trabalhavam juntos num disque entulho.

O Corpo de Bombeiros foi chamado por um sobrinho da vítima e chegou quando o enxame ainda estava sobre o corpo de Mattos. A equipe usou produtos químicos para afastar as abelhas. O homem foi levado ao hospital da cidade, mas não resistiu.

Um bombeiro também recebeu picadas quando combatia as abelhas.

De acordo com o comando do Corpo de Bombeiros, a vítima tinha histórico de doença cardíaca, que se agravou com o veneno dos ferrões. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

Em agosto deste ano, uma mulher de 79 anos morreu após ser atacada por um enxame em Angatuba, na mesma região. A vítima, Amélia Pinto Rodriguez, alimentava as vacas no pasto quando foi surpreendida pelas abelhas. Ela recebeu mais de cem picadas e morreu antes de chegar no hospital.

Na última terça-feira, 15, um idoso de 78 anos foi internado após ser atacado por abelhas no Jardim Aeroporto, zona norte de Ribeirão Preto. Ele teve choque anafilático, mas foi tratado e já recebeu alta

Para reproduzir a Matéria, insira os créditos para o conteúdo original


 fonte:  Estadão

0 comentários:

Postar um comentário