segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Grávida entra em trabalho de parto ao ser presa com drogas no corpo

Segundo a polícia, ela levava maconha, LSD e chips nas partes íntimas

Grávida entra em trabalho de parto ao ser presa com drogas no corpo
De acordo com a Polícia Civil, a mulher foi pega ao tentar entrar na Cadeia Pública Hildebrando de Souza, durante o dia de visitas, com 44 gramas de maconha; 50 pontos de LSD divididos em duas cartelas; e 15 chips para celular escondidos partes íntimas
Uma grávida de 28 anos, presa na manhã de domingo (7) ao tentar entregar drogas e chips na cadeia pública de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, entrou em trabalho de parto durante a audiência de custódia.
De acordo com a Polícia Civil, a mulher foi pega ao tentar entrar na Cadeia Pública Hildebrando de Souza, durante o dia de visitas, com 44 gramas de maconha; 50 pontos de LSD divididos em duas cartelas; e 15 chips para celular escondidos partes íntimas.

Os agentes penitenciários desconfiaram e a gestante acabou sendo autuada em flagrante por tráfico de drogas. Logo em seguida, ela foi levada para a audiência de custódia, que é quando o juiz decide se mantém o suspeito preso ou não.

No entanto, conforme a polícia, a grávida entrou em trabalho de parto durante a audiência de custódia e precisou ser levada para a Santa Casa de Misericórdia. Até a manhã desta segunda-feira (7), ela permanecia internada no local sob escolta.

Ainda conforme informações da polícia, a suspeita tinha dito aos policiais que estava com a cesária marcada para os próximos dias.

Assim que receber alta do hospital, a presa deve ser encaminhada para a cadeia. A juíza responsável pelo caso decidiu manter a prisão preventiva dela, que é quando não há prazo para sair da prisão.

G1

0 comentários:

Postar um comentário