sábado, 12 de novembro de 2016

ESFAQUEADOS: UM JOVEM MORRE E OUTRO FICA EM ESTADO GRAVE APÓS PM MANDAR FECHAR BAR

ESFAQUEADOS: UM JOVEM MORRE E OUTRO FICA EM ESTADO GRAVE APÓS PM MANDAR FECHAR BAR


















No início da madrugada deste sábado (12/11), uma guarnição da Polícia Militar, em patrulhamento no Setor 07 em Buritis, fez abordagens a algumas pessoas que estavam em um Bar localizado na Rua da Faveira com Rua Belém, entre elas as duas vítima, observando que havia várias pessoas embriagadas, devido ao horário recomendou-se que fechasse o estabelecimento com o intuito de evitar brigas.

Uma hora depois, por volta de 01h00m, os policiais foram acionados pela Central de Operações a comparecerem no mesmo Bar, com a informação de que havia uma pessoa esfaqueada no local. Imediatamente retornaram e encontrou Paulo Correa de Oliviera, 21 anos, caído na varanda do Bar agonizando.

Os policiais acionaram o SAMU, que no deslocamento, próximo ao local, encontrou outro jovem, identificado como Lucas, caído ao solo com ferimento na cabeça e abdome, ao lado havia uma faca e um pedaço de madeira com manchas de sangue. A equipe do SAMU prestou atendimento às duas vítimas, constatando que o jovem Paulo entrou em óbito no local. Devido às gravidades dos ferimentos, Lucas foi encaminhado ao Hospital Regional de Ariquemes.

Uma testemunha informou que após ter fechado o Bar, ouviu um pedido de socorro em que Paulo vinha em direção ao estabelecimento dizendo: “socorro, me ajude, me esfaquearam”, momento em que a vítima caiu ao solo com poucos sinais vitais, ele apresentava perfurações no peito e nas costas. A testemunha disse ter visto mais pessoas na rua, porém, devido a escuridão não conseguiu identifica-las, em seguida teria acionado a polícia.

Os policiais militares com o apoio de policiais civis fizeram buscas, porém, sem êxito. A perícia técnica compareceu e fez os trabalhos de praxe.

O BOP foi registrado na DP de Buritis para investigar o caso.



Da redação do Alerta Rondônia 
Ítalo Coelho DRT 1120/RO.

0 comentários:

Postar um comentário