quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Detento tentou matar outro ao saírem do pernoite na cadeia de Barbalha

                       post-feature-image


Uma tentativa de homicídio foi registrada por volta das cinco horas da madrugada desta quarta-feira após o pernoite dos detentos que cumprem pena no regime semi aberto. Cristian Walisson Duarte dos Santos, de 21 anos, o “Mestre Bala”, tinha acabado de sair do cárcere quando efetuou vários disparos de arma de fogo contra o seu companheiro de cela Anderson Santana Dantas, de 30 anos, o “Bilinha das Malvinas”. O acusado mora na Rua Perimetal Leste, 997 (Cirolândia) e a vítima na Rua P17, número 132 no bairro Malvinas.

Bilinha saiu lesionado no tórax e no antebraço e recebeu atendimento no Hospital São Vicente de Paulo. A polícia foi avisada e não conseguiu prender o autor dos disparos. “Mestre Bala” responde por tráfico de drogas e uma de suas prisões aconteceu no dia 25 de novembro de 2013 em sua casa, onde estavam ainda Cícero Jorge Teixeira da Silva, de 28, José dos Santos Gonçalves Júnior, de 26, e Messias de Brito da Silva, de 25 anos. Os PMs encontraram maconha, 100 gramas de cocaína, celulares, relógios e armas brancas.

Enquanto isso, Bilinha responde por um crime de trânsito em Ipubi (PE) e foi preso em Barbalha no último dia 10 de dezembro na Rua Antônio Gomes de Almeida, 548 do Conjunto Nossa Senhora de Fátima. Ele se fazia acompanhar de Sebastião Alves dos Santos, o “Alex das Malvinas”. No imóvel, a polícia encontrou uma espingarda calibre 12, munições, celulares, uma balança de precisão e dois Rádios HTs sintonizados na freqüência da PM.

PENAFORTE – Outra tentativa de homicídio registrada esta semana foi em Penaforte, porém a golpes de punhal contra José Gomes de Barros, de 40 anos, residente no Sitio Queimada Grande naquele município, que foi trazido ao Hospital Regional do Cariri de Juazeiro. A polícia foi avisada e diligenciou prendendo o servente de pedreiro Francimar Sebastião da Silva, de 40 anos, que mora na Rua Claudenor Couto Cruz no centro de Penaforte. Ele tinha se refugiado no Sitio Riachinho.




0 comentários:

Postar um comentário