terça-feira, 22 de novembro de 2016

DERRAMAMENTO DE SANGUE NO CEARÁ: FIM DE SEMANA VIOLENTO DEIXA 31 MORTOS!

Somente em Fortaleza, 13 pessoas foram executadas. A Polícia registrou também seis mortes em acidentes no Interior.
Ao menos, 31 pessoas tiveram morte violenta durante o fim de semana em todo o Estado do Ceará. Contudo, a criminalidade fez mais vítimas na Capital, onde 13 pessoas foram assassinadas entre a tarde da última sexta-feira (18) e o começo da noite de domingo (20). Entre elas, está um policial rodoviário federal. O balanço, no entanto, é parcial.

Um triplo e um duplo homicídios foram registrados em Fortaleza durante o período. Ainda na sexta-feira, por volta de 16 horas, dois homens foram executados, a tiros, no bairro Quintino Cunha. No sábado, um tiroteio deixou três mortos e dois feridos na Barra do Ceará. Na manhã de domingo, mais um homicídio ocorreu no mesmo bairro.

Em Fortaleza, os 13 homicídios ocorreram nos seguintes bairros: Barra do Ceará (quatro mortos), Quintino Cunha (dois mortos), Pici, Vila Velha, Sabiaguaba, Siqueira, Praia do Futuro, José Bonifácio e Ancuri.

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), dois homicídios foram registrados nos Municípios de Pacajus e Maracanaú.

Sertão

Dez pessoas foram assassinadas no Interior do Estado. Na região Norte, ocorreram crimes de morte nos Municípios de Nova Russas, Sobral e Itatira. No Interior Sul, foram sete homicídios em Crato (dois casos), Nova Jaguaribara, Araripe, Russas, Quixeramobim e Irapuan Pinheiro.

E, além dos 25 assassinatos, outras seis pessoas morreram em acidentes de trânsito nos seguintes Municípios: Tabuleiro do Norte (duas vítimas), Paraipaba, Tauá (dois casos) e em Fortaleza, no bairro Conjunto Ceará.

Policial

Entre as 13 pessoas assassinadas no fim de semana em Fortaleza está um policial rodoviário federal. Tratava-se de Paulo Rolney Vidal, 37 anos. Ele foi atacado por dois assaltantes em um restaurante situado na Rua Coronel Solon, no bairro de Fátima. O policial reagiu e houve troca de tiros. Mesmo ferido, Rolney ainda conseguiu acertar tiros nos ladrões. A dupla fugiu, mas foi presa pela PM na Avenida Dom Manuel esquina com a Rua Pinto Madeira.

O policial rodoviário foi encaminhado ao Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro), onde foi encaminhado à Sala de Ressuscitação, mas não resistiu, falecendo pouco tempo depois. No mesmo hospital deu entrada um dos assaltantes baleado. O outro foi encaminhado ao 34º DP (Centro) e autuado em flagrante por crime de latrocínio (roubo seguido de morte). 

Fonte: Blog do Fernando Ribeiro
Foto ilustrativa

0 comentários:

Postar um comentário