quinta-feira, 3 de novembro de 2016

CRUELDADE: Em menos de 24 horas, duas mulheres são assassinadas de modo cruel

Duas mulheres foram mortas no Ceará nas últimas 24 horas. Em ambos os casos, os assassinos agiram com crueldade, fato que chamou a atenção das autoridades. Com os dois crimes ocorridos no feriado de Finados, subiu para 170 o número de mulheres assassinadas em 2016 em todo o Estado do Ceará.

O primeiro crime ocorreu na manhã de ontem (2), feriado de Finados, na zona rural do Município de Orós (a 402Km de Fortaleza), quando a dona de casa Maria Silva de Oliveira, 30 anos, foi morta a golpes de roçadeira na presença de dois dos seus quatro filhos.
Natanael Souza, 30 anos, foi preso depois de matar a mulher com quem se drogava. Corpo estava enrolado num tapete e o assassino pretendia esquartejá-lo para depois ocultá-lo
O assassinato ocorreu dentro da residência da vítima, localizada na comunidade de Campo, no distrito de Vila Guassussê. O principal suspeito do crime é pó ex-marido da vítima, já identificado como sendo o agricultor Geraldo Soares da Silva, que está foragido.

Segundo apurou a Polícia, o casal estava separado há cerca de dois meses e o ex-marido é muito ciumento e tentava a reconciliação.

Outra crueldade

Já na noite de ontem (2), por volta das 23h40, a Polícia Militar foi chamada pelos moradores da Rua Engenheiro João Nogueira, no bairro Carlito Pamplona, na zona Oeste de Fortaleza, onde os vizinhos ouviram gritos de uma mulher. Uma patrulha da Força Tática de Apoio (FTA) da 3ª Companhia do 5º BPM (cristo Redentor) compareceu no local e encontrou na casa indicada um homem identificado como Natanael de Sousa, 30 anos, churrasqueiro. 

A princípio, ele negou ter praticado o crime, mas quando os PMs entraram na residência acabaram encontrando o corpo de uma mulher. Tratava-se de Josilânia Moura Matos, conhecida por “Jô”. O corpo estava enrolado em um tapete e tinha um saco plástico na cabeça. Próximo ao cadáver havia vários sacos plásticos de lixo e algumas facas.

O suspeito acabou confessando ter assassinado a mulher quando os dois consumiam drogas. Ele asfixiou a jovem com o saco plástico na cabeça e depois desferiu uma facada no peito. A Polícia constatou que a intenção do criminoso era esquartejar a mulher e colocar os pedaços do cadáver em sacos plásticos para, em seguida, ocultá-los. Natanael recebeu voz de prisão e foi autuado em flagrante por homicídio.

Com informações do Blog do Fernando Ribeiro

0 comentários:

Postar um comentário