sábado, 5 de novembro de 2016

Adolescente decapita rival ainda vivo por ciúmes da namorada

post-feature-image

Essa é um daquelas histórias que realmente é de assustar. Um adolescente, com apenas 16 anos, motivado por um ciúme devastador, matou de forma brutal um jovem de 19 anos. O adolescente esfaqueou e decapitou o rival ainda vivo, por causa de ciúmes de sua namorada de 17 anos.

O crime bárbaro chocou a todos em Komsomolsk-on-Amur, na Rússia, esta semana.  As informações que foram divulgadas pelo jornal “Daily Mail” relataram alguns detalhes de como o #Crime aconteceu. O adolescente de 16 anos, que não pode ter sua identidade divulgada, teria armado uma emboscada para Artyom Shustov, de 19 anos.

Segundo as informações que foram divulgadas, o suspeito convidou Artyom para um encontro. Sem saber o que o esperava, a vítima foi. O local escolhido pelo garoto de 16 anos foi um lugar de pouco movimento, e próximo a uma mata, em Komsomolsk-on-Amur. Durante o encontro os dois rapazes acabaram discutindo;foi então que o suspeito atacou a vítima e cortou sua cabeça, ainda vivo. Após cortar a cabeça do jovem de 19 anos, o adolescente abandonou o corpo, jogando em uma mata, e a cabeça da vítima ele guardou dentro de uma mochila, e levou para casa, onde passou a noite com ela.

No dia seguinte, o rapaz marcou um encontro com a namorada, de 17 anos. Eles conversaram, e o suspeito contou tudo que teria acontecido na noite anterior. Além de assumir a autoria do crime, ele mostrou a cabeça da vítima para a garota, em sinal de uma prova de amor.

De acordo com a polícia local, que está a frente das investigações do caso, o rapaz, depois da conversa com a namorada, procurou uma delegacia e se entregou. Ele confessou a autoria do crime, e disse ter feito tudo para provar seu amor pela garota. O adolescente foi preso, e encontra-se à disposição da justiça.

A garota, que seria a “pivô” deste crime bárbaro, já foi ouvida pela polícia; no entanto, o conteúdo de seu depoimento não foi divulgado, por enquanto está sendo mantido em segredo de justiça.

Algumas testemunhas, que conheciam os três jovens, relataram que a garota de 17 anos, que também não teve sua identidade divulgada, teve um envolvimento amoroso com Artyom Shustov. E acreditam que este seria o motivo de tanta ira por parte de seu namorado. Todos estão consternados com o crime, sem entender direito tamanha brutalidade, vindo de alguém tão jovem.

Até o fechamento desta matéria, não foram divulgadas novas informações sobre o caso, nem a respeito do sepultamento da vítima de 19 anos. 




0 comentários:

Postar um comentário