sábado, 8 de outubro de 2016

Vítima de estupro limpa o sangue na roupa do agressor e prova garante sua condenação

post-feature-image

Numa atitude desesperada, uma mulher de 58 anos, atacada enquanto levava seu cachorro para passear, acabou contribuindo para que seu agressor fosse preso. Vítima de estupro e extremamente machucada por um homem de 18 anos, ela decidiu limpar o sangue vindo de seus ferimentos. As informações são do site de notícias “Daily Mail”.

O crime, cometido no dia 15 de julho em Cumbria, na Inglaterra, acabou levando Jack Walker à cadeia pelos próximos 11 anos. Sob ameaças de esfaqueá-la até a morte, Walker teria puxado a vítima pelo cabelo, batido nela diversas vezes e depois a colocado contra a sua vontade ao chão, onde a estuprou.

Agressor foi condenado a 11 anos de prisão Agressor foi condenado a 11 anos de prisão.
Apesar das súplicas da mulher, a violência continuou, e ela decidiu passar seu próprio sangue nas roupas do agressor, o que levou a polícia a identificá-lo. "Como resultado, a evidência provou que ele cometeu o delito de maneira inquestionável. Depois de negar inicialmente as acusações, ele não teve outra escolha a não ser se declarar culpado”, disse Isla Chilton, promotora.

Mulher foi ameaçada de morte, agredida e estuprada Mulher foi ameaçada de morte, agredida e estuprada.

Segundo o detetive Jim Grattan, a sentença de 11 anos é motivo de comemoração. “Não há desculpa para ações impensáveis ​​de Walker e eu estou contente que esteja enfrentando uma sentença significativa por seus crimes. A vítima estava inocentemente andando com seu cachorro quando Walker a forçou e começou seu ataque brutal. Ela tem mostrado verdadeira bravura durante a nossa investigação”, disse.



0 comentários:

Postar um comentário