sábado, 29 de outubro de 2016

TROPAS FEDERAIS CIRCULAM NAS RUAS DE FORTALEZA PARA ATUAÇÃO NAS ELEIÇÕES

Tropas federais iniciam 'operação Potiguar' em Natal (Foto: Fabiano de Oliveira/ G1)
Tropas federais atuarão nas ruas de Fortaleza durante as eleições 

Membros de Tropas Federais circulam neste sábado (29) pelas ruas de Fortaleza, dando início à operação de fiscalização e segurança para as eleições na Região Metropolitana. O efetivo do Exército realiza um trabalho de reconhecimento dos locais de votação. A 10ª Região Militar (10ª RM) planeja concentração da tropa às 8h, no 23º Batalhão de Caçadores (BC), equipada e pronta para entrar nas viaturas e sair em comboio às ruas para fazer o reconhecimento dos locais de votação. O trabalho deve ocorrer no dia todo.
Além de Fortaleza, 11 cidades receberão reforços federais: São elas: São Luís, no Maranhão; Maringá, Curitiba e Ponta Grossa, no Paraná; e Rio de Janeiro, São Gonçalo, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Duque de Caxias e Niterói, no Rio de Janeiro; Manaus, no Amazonas.
Segundo o Ministério da Defesa, que coordena a atuação das Forças Armadas, o objetivo do apoio durante o final de semana das eleições é manter as condições necessárias para que a população possa votar com tranquilidade.
Primeiro, o grupo deve receber as orientações do comandante da 10ª RM, general Estevam Theophilo. Em seguida, o efetivo de militares segue em comboio para as suas posições nas 13 zonas eleitorais e 645 locais de votação, em diferentes bairros.
Os militares vão realizar ações de patrulhamento ostensivo, motorizado e a pé para “proteger os locais de votação, garantir o livre acesso a esses locais e proteger também os pontos de apuração”, segundo informou a 10ª RM.
saiba mais
Atuação das Forças Armadas
As Forças Armadas vão atuar com 2.500 homens na segurança da votação e apuração do 2º turno das eleições em Fortaleza. De acordo com o comandante da 10ª Região Militar, general Estevam Theófilo, todos os militares que vêm de fora do Estado estarão na capital cearense até as 17 horas desta sexta-feira (28).
“Os que já são da guarnição local naturalmente já estão se preparando para o cumprimento desta atividade, para garantir o poder de apuração e votação no domingo. Nós vamos ter um um efetivo de 2.500 homens que estamos trazendo para Fortaleza. De mais de 19 organizações militares que vem de Pernambuco, Piauí, interior do Ceará, e distribuiremos em cada uma dessas unidades de acordo com as zonas eleitorais”, afirmou.
Segundo o general Teófilo haverá tropa militar fixa nos principais locais de votação e patrulhamento nas 645 pontos de votação. “Teremos uma tropa de valor, uma organização militar, distribuída para duas ou três zonas eleitorais. Em cada local de votação não haverá uma tropa fixa, mas naqueles mais importantes, mais críticos, nós vamos sim ter uma tropa fixa. Mas os 645 locais de votação estarão patrulhados e com intervalo de cinco e dez minutos passará sempre alguma patrulha do exército nas proximidades do local de votação”, garantiu.
Pedido do TRE
Os juízes da Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará aprovaram, por unanimidade, na sessão do dia 6 de outubro, o pedido de envio de força federal, feito ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o 2º turno das eleições em Fortaleza.
A matéria foi levada ao Pleno do tribunal depois que o governador do Estado, Camilo Santana, em resposta ao Presidente do TRE, posicionou-se “favorável à presença das tropas federais, em Fortaleza, no próximo dia 30 de outubro”. A sessão da Corte foi presidida pelo desembargador Abelardo Benevides Moraes.
 FONTE: G1-CE

0 comentários:

Postar um comentário