quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Sargento do Corpo de Bombeiros reage ao assalto, troca tiros com os bandidos e um dos criminosos é baleado

Em apenas uma semana, foi o sétimo agente da Segurança Pública cearense atacado por marginais. Veja cronologia dos casos
Sargento do Corpo de Bombeiros reage ao assalto, troca tiros com os bandidos e um dos criminosos é baleado

Um dos bandidos foi baleado pelo bombeiro e acabou preso com um revólver 
Mais uma tentativa de assalto contra um membro das forças da Segurança Pública do Ceará terminou em tiroteio. Foram sete casos em apenas uma semana. O mais recente aconteceu na manhã desta quarta-feira (19). No bairro Monte Castelo, na zona Oeste da de Fortaleza. Um sargento do Corpo de Bombeiros Militar (CBM)  trocou tiros com dois assaltantes, conseguindo ferir um deles.
O militar não se feriu. No entanto, um dos assaltantes foi atingido por vários tiros e caiu baleado no local, enquanto seu comparsa conseguiu fugir após a tentativa de roubo contra o bombeiro. Logo em seguida, várias patrulhas do Ronda do Quarteirão e da 3ª Companhia do 5º BPM (Cristo Redentor) compareceram ao local e deram apoio ao colega de farda.
Este foi o sétimo ataque contra agentes da Segurança Pública do Ceará em apenas uma semana. Veja a cronologia dos crimes:
1º Caso: Na quarta-feira (11), um sargento que estava de folga foi atacado por bandidos e baleado na Rua Barão de Canindé, no bairro Montese. O crime foi filmado. Dois criminosos tentaram render o PM para, provavelmente, roubar sua caminhonete. Mesmo baleado ele reagiu e os ladrões fugiram. O militar foi internado e não corre risco de morte.
2º Caso: Na última sexta-feira  (14), um sargento do Comando Tático Rural (Cotar) trocou tiros com assaltantes dentro de um ônibus na Estrada do Algodão (CE-060), no Município de Quixeramobim (a 201Km da Capital). Ele matou um dos criminosos e ficou ferido.
3º Caso: No mesmo dia (sexta-feira/14), um PM foi ferido a tiros ao reagir contra criminosos que praticavam assaltos nas ruas do bairro Antônio Bezerra, na zona Oeste de Fortaleza.
4º Caso: Também na sexta-feira (14), no bairro Montese, em Fortaleza, bandidos armados assaltaram uma loja de telefone celular e acabaram matando o tenente PM Marcos Lira, que entrou no local  sem saber que naquele momento estava ocorrendo o roubo. Um dos ladrões também foi morto por outro militar, um soldado que dirigia a viatura comandada pelo oficial.
5º Caso: Na manhã de segunda-feira (17), um policial civil aposentado ficou ferido a tiro durante ataque de assaltantes em uma “chegadinha” bancária na porta da agência do Banco do Brasil do Conjunto Ceará. No tiroteio, um dos ladrões foi baleado e morreu. Outros quatro acabaram  presos, sendo dois deles também feridos.
6º Caso: Na noite de segunda-feira (17), bandidos atacaram a residência de um escrivão da Polícia Civil, localizada no bairro Engenheiro Luciano Cavalcante, em Fortaleza. Ele e sua família viraram reféns dos criminosos. Os bajdidos roubaram a arma do policial e muitos outros objetos da casa.
7º Caso: Na manhã desta quarta-feira (19), um sargento do Corpo de Bombeiros foi atacado por bandidos no bairro Monte Castelo. Ele trocou tiros com os ladrões, conseguindo ferir um deles. O comparsa fugiu. O militar saiu ileso.  
Por FERNANDO RIBEIRO 

0 comentários:

Postar um comentário