terça-feira, 25 de outubro de 2016

Policiais civis são demitidos por extorsão e tortura

Os crimes em questão ocorreram em 2010, na Delegacia Regional do Crato, no Cariri.
Dois policiais civis foram demitidos acusados dos crimes de extorsão e tortura. As sanções administrativas contra os agentes foram publicadas na quinta-feira (20), no Diário Oficial do Estado.

Os crimes em questão ocorreram em 2010, na Delegacia Regional do Crato, no Cariri. Segundo o Ministério Público (MP), Francisco Márcio Correia Cruz e Anderson Soares Pimenta, torturaram e exigiram de um preso dinheiro e quatro notebooks para ele ser liberado. O homem foi preso por estelionato

No mesmo ano, os policiais e um delegado foram presos durante a “Operação Terremoto” realizada pela Corregedoria Geral de Disciplina (CGD), com o apoio da Polícia Federal. Os agentes eram apontados como membros de uma quadrilha que praticava extorsão contra proprietários de veículos clonados.

Conforme as investigações, eles pediam dinheiro para liberar os presos e os veículos retidos.

Fonte: Cnews

0 comentários:

Postar um comentário