domingo, 16 de outubro de 2016

Palhaço é agredido a caminho de trabalho voluntário

Thiago Alves Pereira, de 31 anos, estava fantasiado de palhaço em um ônibus a caminho de um evento onde faria trabalho voluntário quando foi agredido por passageiros

Palhaço é agredido a caminho de trabalho voluntário

Um homem que estava fantasiado de palhaço para fazer um trabalho voluntário foi agredido por passageiros de um ônibus nesta quarta-feira (14), em Uberaba, Minas Gerais.
Thiago Alves Pereira, de 31 anos, estava a caminho de um evento quando foi parado por policiais que perguntaram para onde estava indo, após conversar com os oficiais, entrou no ônibus. "Quando entrei no BRT, muitas pessoas começaram a me olhar de forma estranha; afinal, eu estava vestido de palhaço e tinha policiais conversando comigo. Vi que as pessoas estavam com medo, então, procurei um assento que não fosse atrapalhar ninguém”contou Thiago em entrevista ao G1.
Durante o percurso, ele foi ofendido por outros passageiros e tentou se defender, explicando que era só um palhaço a destino de uma festa e que nada tinha a ver com as aparições que têm assustado pessoas nas ruas.
Vendo que a situação poderia se agravar, o palhaço ligou para a polícia. "Um dos rapazes achou ruim o que eu fiz e resolveu partir para a agressão. Quando me levantei para me defender, o ônibus freou; caí e me machuquei. Quando caí, ele aproveitou para me chutar. Os outros passageiros separaram a briga. Nisso, a polícia chegou no centro da cidade, o ônibus parou e eu contei o que aconteceu. Nós dois fomos presos e fomos para a delegacia”
Thiago disse não ter medo, mas vai se prevenir, para que algo pior não aconteça. "Eu não vou mais sair maquiado nas ruas, porque pode acontecer o pior", disse.

0 comentários:

Postar um comentário