sábado, 22 de outubro de 2016

Menina de 18 anos mantém gravidez escondida e depois joga filho no lixo

Ela recebeu atendimento médico e seu quadro de saúde é bom.

Menina de 18 anos mantém gravidez escondida e depois joga filho no lixoFoto: Reprodução
Um bebê aparentando ser recém-nascido, abandonado em uma caixa de papelão, próximo a uma residência no Distrito Industrial, de Campo Verde, na saída para a cidade de Cuiabá.
As informações ainda são muito preliminares, mas a criança foi encontrada por uma moradora da região, que entrou em contato com o SAMU, posteriormente o Conselho Tutelar foi acionado. A Conselheira Kássia Coimbra nos relatou que ficou impressionada com a situação, até então casos como este nunca haviam sido relatados em Campo Verde. “É uma menina, muito bonita, ela estava com muitas picadas de formiga e outros insetos. Ela foi levada para o hospital, Graças a Deus a principio ela não tem ferimentos graves, mas uma série de exames estão sendo realizados. Ela foi encontrada pela moradora dentro de uma caixa de papelão, mamou muito e depois dormiu,” segundo a Conselheira, que ainda estava pasma com a situação. “Eu como mãe e como Conselheira Tutelar nunca havia me deparado com uma situação assim, estou chocada até agora,” finalizou Kássia.
bebe encontrada
Ainda segundo as informações a criança tinha alguns ferimentos no supercílio e no braço, não se sabe porém o que pode ter causados tais ferimentos, pode ter sido uma queda, animais que a morderam, até mesmo agressões não foram descartadas.
Segundo a Conselheira a criança estava bem vestida, porém com mau cheiro, de quem não recebia cuidados há algum tempo, ela também estava sem nenhum calçado nos pezinhos.
A Conselheira registrou o B.O do ocorrido, onde as pessoas que encontraram o bebê e ligaram para SAMU foram ouvidas. O fato que ela está bem e não corre risco de morte.
O Delegado de Campo Verde Mário Santiago, já recebeu as informações sobre o caso, neste momento os policiais estão em diligências para tentar identificar a mãe deste bebê. Mas até agora ainda não foram encontrados nenhuma evidência.
Informaçoes jornalodiario

0 comentários:

Postar um comentário