domingo, 30 de outubro de 2016

Mãe sedou e trancou o filho durante três anos dentro de armário

Yonatan Daniel Aguilar, um menino americano, de 11 anos de idade, foi encontrado morto, pesando apenas pouco mais de 15 quilogramas, num armário da casa onde vivia com a mãe e os irmãos.
De acordo com o The Mirror, o menino, que havia sido dado como desaparecido, em Los Angeles, em 2013, terá sido sedado pela própria mãe, Veronica Aguilar, durante três anos.
A mulher, sobre a qual já recaíam alegações de abusos, alegava que a criança tinha sido levada para uma instituição no México, mas nunca tinha chegado a ser investigada.
Os três irmãos da criança sabiam que Yonatan estava trancado dentro do armário, junto às camas onde dormiam, mas reportaram que estavam proibidos, pela mãe, de contar o que sabiam; já o padrasto da criança, Jose Pinzon, não saberia de nada.
A criança seria autista e foi encontrada dentro do armário repleta de úlceras de pressão e, a sua volta, vários copos de xarope.
O crime foi conhecido em agosto deste ano. A mãe terá contado ao companheiro que a criança havia morrido, momentos antes de este descobrir o corpo da criança dentro do armário.
A mulher estará a ser agora ouvida em tribunal.
*****Com informações: Oceanpress

0 comentários:

Postar um comentário