sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Homem acusado de estuprar uma criança é espancado e logo após morto a tiros

post-feature-image

Um espancamento seguido de assassinato foi registrado na quinta-feira (27), em Cacau Pirêra, no município de Iranduba. A vítima foi identificada como Pedro Cordeiro da Rocha, de 32 anos. Ele foi levado para um matagal, lá foi espancado por populares e, logo após, foi morto com dois tiros na cabeça. Ninguém foi preso.

Conforme testemunhas, Pedro Cordeiro estava sendo acusado de ter estuprado uma criança de sete anos, mas mantinha-se foragido. Porém, na quinta-feira o acusado tentou voltar para casa, imaginado que a população teria esquecido o #Estupro. Pedro ao chegar à residência em que morava, foi avistado por populares que logo se reuniram e o levaram para um matagal. Lá, ele foi morto a tiros.

De acordo com a #Polícia, o irmão da vítima o camelô Waldemiro Cordeiro da Rocha, de 24 anos, em seu depoimento descreveu que cerca de 20 moradores arrastaram Pedro e o levaram para um matagal. Relatou também que não havia como evitar a #Morte do irmão, já que também foi ameaçado de morte.

A investigação sobre o estupro da criança estava em andamento, e tinha Pedro como principal suspeito de ter abusado sexualmente da menina. A suspeita aumentou ainda mais quando Pedro fugiu da comunidade logo após o estupro. Os policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) afirmam que um novo inquérito foi aberto na quinta-feira, após a morte vítima acusada de estupro.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), de Manaus, para passar por exames de necrópsia e, logo após, foi liberado para que os familiares realizassem o sepultamento.

Até o fechamento desta matéria nenhum envolvido no assassinato de Pedro foi preso. O caso está sendo investigado pela polícia.

Um caso semelhante aconteceu em Parintins, onde um homem ainda não identificado foi morto a tiros por três homens armados. Segundo o Portal do Zacarias, o crime ocorreu na madrugada de quinta-feira (27). A polícia informou que a vítima respondia na justiça por estupro, desacato e duas participações em dois homicídios. 




0 comentários:

Postar um comentário