sábado, 29 de outubro de 2016

Empresário é assassinado com tiros na cabeça na frente do filho

O latrocínio aconteceu por volta das 22 horas desta quinta-feira, no Bar do Afonso, em Poconé

Empresário é assassinado com tiros na cabeça na frente do filho
VIOLÊNCIA DESCONTROLADA - Mais um trabalhador tomba baleado e morto por bandidos. O filho viu a pai ser assassinado sem poder fazer nada. Esse latrocínio: roubo seguido de morte comprova que violência também cresce todos os dias em pequenas e grandes cidades no interior de Mato Grosso. Afonso Lino da Silva, um pequeno empresário de 64 anos foi a última vítima de bandidos, possivelmente uma quadrilha formada apenas por “garotos”.
Dono do Bar do Afonso, localizado no bairro João Godofredo, área central de Poconé (Baixada Cuiabana, a 100 quilômetros da Capital), Afonso Lima foi morto a tiros por cinco bandidos durante um assalto ao comércio dele.
O assalto seguido de morte: latrocínio, aconteceu por volta das 22 horas desta quinta-feira, dentro do Bar do Afonso, em Poconé, quando cinco ladrões encapuçados chegaram ao local do crime e anunciaram o assalto.
Primeiro, no entanto, os bandidos renderam filho de Afonso - nome não fornecido -, a vítima, que estava sentado na frente ao bar. O rapaz foi obrigado pelos ladrões a se deitar no chão.
Mesmo sem reagir, os bandidos viram Afonso dentro do bar e começaram a atirar. Pelo menos duas balas atingiram a cabeça do empresário que morreu na hora.

Os bandidos, todos aparentando, segundo testemunhas, serem menor de idade, roubaram apenas um aparelho celular do filho da vítima, que viu a pai ser assassinado sem poder fazer nada.
A Polícia Militar (PM) foi acionada. Chegou rápido ao local do latrocínio. Fez buscas pela região, mas não conseguiu pistas dos bandidos. O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil de Poconé. Até o momento ninguém foi preso.

0 comentários:

Postar um comentário