quarta-feira, 7 de setembro de 2016

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO PSOL


A história é permeada de surpresas: algumas tem sabor de alegria e esperança, outras nos deixam perplexos e, por que não dizer, tristes. A minha história não escapa a esse aspecto, muito próprio dos humanos. No anoitecer do dia 05 de setembro, segunda-feira, foi tomado de surpresa, quando comecei a receber ligações telefônicas que me indagavam sobre o fato de minha candidatura a prefeito de Sobral pelo Partido Socialismo e Liberdade – PSOL, ter sido indeferida. De pronto, acionei o departamento jurídico do partido, que confirmou o fato. O intuito desta nota é esclarecer o motivo pelo qual fiquei impedido de continuar a luta para chegar à Prefeitura de Sobral.

Sou concursado e lotado na Secretaria Municipal de Saúde de Uruoca, onde mantive residência por aproximadamente 5 anos. Nesse período, transferi para lá, meu domicílio eleitoral.

No inicio de 2015, numa queda doméstica, sofri fratura tripla no fêmur direito, passei a utilizar cadeira de rodas, e permaneço afastado do trabalho em recuperação. 

Não sendo eu, um profissional da política, e como não tinha planos de candidatar-me a qualquer cargo eletivo, NÃO ATENTEI PARA A DATA LIMITE PARA TRANSFERÊNCIA DO MEU DOMICÍLIO ELEITORAL. Voltei a residir em Sobral e somente em fevereiro deste ano (2016), já iniciadas as discussões internas no partido sobre a sucessão municipal, e tendo meu nome apontado, pelos companheiros e companheiras, mudei meu domicílio eleitoral novamente para Sobral. A Lei Eleitoral exige um mínimo de 1 ano de domicílio eleitoral para a apresentação de solicitação de candidatura. Por esse motivo, o indeferimento de minha solicitação. Estou triste, é fato! Mas minha luta está longe de ser indeferida, muito mais distante ainda, a possibilidade do PSOL, permanecer sem candidaturas majoritária e proporcional, visto que somos FILHOS DA RESISTÊNCIA À VELHA MANEIRA DE FAZER POLÍTICA, muito própria dos que se apresentam como candidatos, nesse momento. Continuaremos na luta, abraçando com a mesma garra as candidaturas da companheira JOSY VASCONCELOS para prefeita e MARCELINO OLIVEIRA para vice, além dos vereadores já conhecidos da comunidade sobralense.

De público, o meu agradecimento ao PSOL municipal/estadual pelo encorajamento.

Firme e forte,

Francisco Edmilson Moreira Mesquita

Ex-candidato a prefeito de Sobral.

0 comentários:

Postar um comentário